17/07/2019

O serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) consiste no trabalho, de cunho social, desenvolvido com famílias.

O serviço do PAIF é integrada ao nível de proteção social básica do SUAS (Sistema Único de Assistência Social).

Ele é de caráter continuado, pois tem as seguintes finalidades:

  • Fortalecer a função protetiva da família;
  • Prevenir a ruptura de seus vínculos;
  • Promover seu acesso e usufruto aos seus direitos;
  • Contribuir na melhoria de sua qualidade de vida;
  • As ações buscam desenvolver e fortalecer o vínculo entre os membros da família e a comunidade. Isso acontece por meio de ações preventivas e protetivas.

Tendo em vista que problemas de cunho social, principalmente no âmbito familiar, não se resolvem de uma hora para a outra, o trabalho do PAIF é continuado.

Por isso, se faz necessário um plano de acompanhamento familiar.

Para garantir que os objetivos do trabalho do PAIF sejam alcançados, é necessário que o gestor esteja atento a diversas questões.

Compreender a realidade social de cada uma das famílias acompanhadas

Para colocar em prática a função protetiva do núcleo e prevenir a ruptura dos vínculos, é necessário identificar as vulnerabilidades das famílias e indivíduos. Dessa forma se percebem quais riscos sociais os permeiam.

A avaliação da situação vivenciada é essencial. É necessário que o profissional saiba escutar todos os membros da família para saber como lidar com cada situação.

O cumprimento do caráter preventivo e protetivo do PAIF depende destas ações.

Atualizar o diagnóstico socioterritorial constantemente

Entender as peculiaridades do território que abrange cada secretaria responsável pelo assistencialismo social, é imprescindível.

É necessário que se conheça profundamente o contexto social das famílias que são alvo do serviço do PAIF.

Realizar busca ativa

Efetuar de forma constante as Buscas Ativas é crucial para que o serviço seja ofertado a quem realmente precisa.

Realizar buscas ativas também ajuda a compreender o público do PAIF, e até mesmo para resgatar potenciais usuários que tenham desistido da ajuda da assistência social.

Adotar abordagens e metodologias coerentes aos objetivos do PAIF

Todas as atividades desenvolvidas pelo PAIf devem ser baseadas em:

  • Respeito à heterogeneidade dos arranjos familiares;
  • Aos ciclos de vida (diferença de idade);
  • Às questões étnicas, raciais, de orientação sexual, crenças, valores, etc.

O combate a todas as formas de violência, preconceito, discriminação e de estigmatização do indivíduo/família deve guiar todas as ações do PAIF

Promover educação permanente para os profissionais

A viabilização cursos e processos que promovem a educação permanente dos profissionais do PAIF, contribui para a produção de possibilidades concretas de transformação da realidade das pessoas.

O diálogo e a teoria, na prática, oportuniza a conquista e construção de novos conhecimentos.

O resultado é a melhora na execução diária dos projetos do PAIF.

Fortalecer a prática interdisciplinar entre os profissionais que compõem a equipe de referência do CRAS

A visão interdisciplinar permite um olhar amplo das manifestações de cada quadro social.

Possibilitando a troca de saberes e gerando conhecimento total das necessidades dos indivíduos, a fim de melhorar sua qualidade de vida.

Ações praticadas de forma isolada que não alcançam todas as complexidades envolvidas nas questões sociais familiares.

Articular a rede socioassistencial e intersetorial

O diálogo constante entre o PAIF e todos os programas ligados permitem que as abordagens não aconteçam de forma fragmentadas.

Caso contrário, as ações não virão a englobar as diferentes demandas sociais.

A integração e a complementação das ações e dos diferentes setores, constrói caminhos melhores e ajuda a utilizar os recursos de uma forma melhor.

O que, gera o aproveitamento de diversas oportunidades e fomenta o trabalho social.

Estimular a Participação Social

O incentivo constante para a participação social é vital para o sucesso das atividades do PAIF em relação às famílias e comunidades.

Também se faz necessária a participação dos usuários no planejamento e avaliação das ações do PAIF. Isso permite que todos os processo aconteçam plenamente, trazendo bons resultados.

O trabalho social desenvolvido com as famílias através do PAIF, é consolidado através de ações planejadas, executadas, monitoradas e avaliadas.

Todas elas sempre comprometidas em garantir que os objetivos sejam alcançados, e que as famílias atendidas tenham mais qualidade de vida.

Para ajudar a garantir que todas as ações sociais sejam controladas com mais facilidade, conte com a IDS!

Aproveite também e confira este conteúdo completo e entenda como um sistema pode auxiliar definitivamente no gerenciamento de dados e controle dos serviços de Assistência Social!

Alcance todos os objetivos do PAIF. Saiba como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *