25/01/2019

Os Smartfones e outros dispositivos móveis estão sempre presentes no dia a dia de muitos brasileiros.

Com a informatização e automação das secretarias, órgãos públicos estão usando este cenário para aproximar mais a população dos serviços e ações públicas.

Com isso, o uso de aplicativos na gestão pública torna-se cada vez mais comum.

Atualmente é possível encontrar uma gama variada de apps voltados para o setor público.

Desde aqueles que ajudam na questão da saúde, até os que otimizam a coleta de informações da população.

Contudo, ainda existem gestores que têm certo receio de investir nessas tecnologias, porque ainda não sabem quanto os apps podem ser úteis no dia a dia da administração pública.

Continue lendo e descubra os benefícios que os aplicativos na gestão pública podem gerar tanto para os gestores, quanto para a população em geral.

Os benefícios para o gestor e a população com o uso dos aplicativos na Gestão Pública

Desburocratização

Um dos grandes diferenciais do uso de apps na gestão pública é a desburocratização de processos.

Como muitos serviços podem ser ofertados de forma online, o gestor consegue oferecer soluções à população de forma rápida e sem tanta burocracia.

Além disso, o fluxo de serviços nos órgãos públicos acaba reduzindo drasticamente, pois algumas das etapas para a solicitação de um determinado serviço podem ser feitas diretamente por meio dos aplicativos.

Isso desafoga o sistema, que passa a oferecer um serviço de melhor qualidade e em bem menos tempo como acontece hoje em dia.

Redução de custos

Pode não parecer, mas os processos extremamente burocráticos acabam gerando despesas altas.

Principalmente em relação ao desperdício de insumos.

Os aplicativos de gestão pública podem ajudar a reduzir custos já que acabam atuando justamente nessas “pequenas coisas” que geram grandes gastos.

A diminuição no consumo de papel é um excelente exemplo.

Mobilidade

Esse tipo de tecnologia também pode ser utilizada para dar mobilidade aos servidores, públicos, facilitando o dia a dia de trabalho.

Principalmente por conta do armazenamento em nuvem.

Através dos apps em conjunto com essa tecnologia, eles podem acessar diferentes arquivos de forma rápida.

Assim, todos os processos de forma geral se tornam mais fáceis.

Agente comunitários de saúde, por exemplo, podem ter as visitas domiciliares realizadas com mais agilidade e menos processos manuais.

Otimização de processos em diferentes departamentos

Um dos grandes motivos que tem tornado os aplicativos na gestão pública cada vez mais populares é a otimização de processos.

Hoje é possível encontrar apps com diferentes recursos, que solucionam ou melhoram os problemas de diferentes departamentos da administração.

São vários exemplos que podemos citar.

Entre eles o que podemos destacar são os apps para as secretarias de saúde.

Há uma grande demanda pelos serviços e muitos setores e informações rodando, o tempo todo.

Nesse sentido, os apps podem ser úteis tanto para os servidores públicos como para a população.

No caso dos servidores públicos, eles podem ser utilizados para o gerenciamento de dados importantes no dia a dia de postos de saúde, unidades de pronto atendimento e hospitais.

Por meio deles, por exemplo, os profissionais de saúde podem fazer consultas de prontuário, ou até mesmo enviar informações para um banco de dados central.

Já para a população, um app como o Mais Saúde Cidadão, da IDS Software é ideal para agendamento de consultas, visualização de exames e mais.

No setor administrativo os aplicativos na gestão pública também podem ser de grande utilidade, ligando população e prefeitura para solucionar pequenos problemas de forma colaborativa.

De modo geral, esse tipo de tecnologia consegue gerar uma excelente otimização no dia a dia dos gestores e da população.

Por conta disso, cada vez mais cidades têm apostado neles, até mesmo para se tornarem as chamadas cidades inteligentes.

Aplicativos na Gestão Pública como forma de incentivar a participação ativa do cidadão

Um aspecto importante sobre o uso de aplicativos na gestão pública, é que eles também servem como uma maneira de incentivar a participação ativa do cidadão.

Por meio deles é possível que a população acompanhe de perto projetos, processos e atividades rotineiras.

Inclusive, esse tipo de app permite que as pessoas interajam com a administração.

Elas podem dar suas opiniões, participar de debates e até mesmo participar ativamente da gestão.

Os aplicativos de gestão pública também permitem uma maior transparência, o que acaba sendo uma forma da população ficar de olho na gestão.

E tudo isso acaba auxiliando para que a administração pública seja mais eficaz.

Afinal de contas, a população deve ser a maior fiscalizadora.

É através dela que os gestores conseguirão entender as reais necessidades da região, e tomar decisões que resolva de fato os problemas e melhorem a vida das pessoas como um todo.

Portanto, são esses e outros motivos que tornam os aplicativos na gestão pública uma excelente solução.

Por meio deles, os gestores podem ter mais controle sobre todos os processos da administração, e a população pode ter um serviço de maior qualidade.

E você, o que acha disso? Acredita que os apps na gestão pública podem mesmo beneficiar gestores e população? Deixe seu comentário abaixo!

O uso de aplicativos na Gestão Pública

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *