09/07/2021

Escrito por Vanessa Rosa

Com a transformação digital avançando a cada dia, um dos temas mais atuais é a criação das cidades inteligentes pelo mundo.

A princípio, de acordo com o Ranking Connected Smart Cities, em 2015, foi elaborada pela Urban Systems uma parceria com a Necta, com o objetivo de reconhecer as cidades com mais de 50 mil habitantes no nosso país que tivessem potencial em se tornar inteligentes. 

Nesse sentido, você sabe quais são os requisitos para uma cidade ser classificada como “cidade inteligente”? 

Imagem: site Ecoparking, cidade de Cingapura, a mais inteligente do mundo segundo o Índice de Cidades Inteligentes inaugural do IMD.

Primeiramente é necessário que alguns eixos temáticos sejam o foco de desenvolvimento, são eles:

  • Tecnologia e inovação;
  • Mobilidade 
  • Empreendedorismo;
  • Governança;
  • Segurança;
  • Urbanismo;
  • Meio ambiente;
  • Economia;
  • Energia;
  • Saúde;
  • Educação.

Assim como é preciso regular cerca de 70 indicadores sobre a população, são alguns deles:

  • Monitoramento de áreas de riscos;
  • Despesas com educação;
  • Índice de empregabilidade;
  • Entre outros. 

Fonte: Portal Connected Smart Cities.

Esqueça os carros voadores: uma cidade inteligente é a realidade que está na palma da sua mão 

 

Em suma para saber como funciona uma “Smart City” ou “Cidade Inteligente” é indispensável concluir que esta não é uma realidade fora do alcance dos municípios.

Dessa forma, a proposta não é de um futuro com carros voadores e outros itens que podem ainda nem ser imagináveis.

Ou seja, uma cidade inteligente é uma proposta do futuro mas com objetivos que podemos cumprir na realidade atual! 

Antecipadamente muitos criam rótulos para as cidades inteligentes, pelo medo do desconhecido.

Desde já é preciso entender que vários gestores municipais já estão em busca de soluções para conhecer mais sobre a nossa realidade digital.

Então, antes de mais nada: o primeiro passo para tornar uma cidade inteligente é utilizar a tecnologia e planejamento para melhorar a vida dos cidadãos.

Principalmente para realizar melhorias, colocaremos alguns pontos problemáticos relacionados ao atendimento público em destaque:

1º Redução de filas nos postos de saúde;

2º Maior acessibilidade à educação;

3º Maior alcance na disponibilização de água e energia elétrica de forma inclusiva;

4º Estar em constante melhoria da segurança pública.

Sobretudo, há algumas outras demandas que exigem atenção para a melhoria do atendimento do cidadão.

Afinal, uma cidade que quer ser inteligente atrai empresas, universidades, proporciona maior oportunidade de capacitação e emprego para atender a população em tudo o que precisa ser feito. 

Em síntese: uma cidade inteligente conecta os serviços de atendimento público às necessidades primordiais dos cidadãos, com a utilização de inovações acessíveis a áreas específicas da cidade.

É notícia no Paraná: Curitiba eleita uma das 21 comunidades mais inteligentes do mundo 

Imagem: Cidade de Curitiba no site da Revista de design USE.

Como afirmamos, já é realidade no Brasil: Curitiba é reconhecida como cidade inteligente.

Atualmente, a capital de Curitiba ganha visibilidade por ser eleita pela terceira vez como cidade inteligente, segundo o ranking realizado anualmente pelo Fórum de Comunidades Inteligentes (ICF) que avalia o crescimento econômico e desenvolvimento social e cultural de cidades em todos os países.

Dessa forma, entre as 21 comunidades mais inteligentes do mundo de 2021, Curitiba possui destaque de governança ao figurar no ranking juntamente com outras cidades com incrível desenvolvimento pelo mundo! 

Fonte: Governo de Curitiba (curitiba.pr.gov.br). 

Saiba como a tecnologia potencializa a sua cidade a se tornar mais inteligente 

Com uma realidade ideal, nesse cenário de integração cada cidadão passa a ter um cadastro único e integrado.

No cadastramento de informações, cada pessoa será atendida pelas áreas de saúde, educação, social, entre outras Secretarias de serviços públicos, de forma facilitada com eficácia e eficiência. 

Para garantir uma gestão para o seu município com tecnologia na comunicação entre prestadores de serviços ao buscar informações globais de cada cidadão. 

Tenha tudo isso com um sistema que te ajuda na proposta de construir uma cidade inteligente, para você que quer estar no futuro mudando a sua realidade municipal agora! 

Ou se preferir, clique aqui para deixar o seu contato, nós apresentamos para você o nosso sistema responsável por integrar todas as áreas de serviço disponíveis com foco em uma gestão inteligente! 

Gostou do conteúdo?

Siga a IDS nas redes, para ficar sempre bem informado:

Facebook

Instagram

Linkedin

E não deixe de compartilhar nosso conteúdo semanal!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *