24/10/2019

Existem duas unidades públicas pertencentes à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, O CRAS e o CREAS.

Ambas unidades atuam com foco em pessoas que se encontram em situações vulneráveis e de risco social.

O trabalho de ambos centros de referência, é extremamente importante e impactante da vida de milhares de brasileiros.

A pergunta é: você sabe qual o foco dos atendimentos prestados por cada uma destas unidades de atendimento da assistência social?

Descubra como funciona e acontece o trabalho público desenvolvido pelo CRAS e do pelo CREAS em todo o território nacional:

O que é o CRAS?

O CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) tem como principal objetivo desenvolver as potencialidades, o protagonismo e a autonomia dos indivíduos.

O Centro de Referência de Assistência Social é um espaço de convivência para a comunidade, além de funcionar como uma porta de entrada para os serviços oferecidos pela Assistência Social no SUAS.

Todo o trabalho desenvolvido nesta unidade é feito a fim de prevenir.

É este o lugar onde a população que se encontra em situação de risco e vulnerabilidade, mas ainda possui os vínculos familiares preservados, é atendida.

Os serviços oferecidos no CRAS são divididos em três tipos:

  • Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF);
  • Serviço de convivência e fortalecimento de vínculo;
  • Serviço de proteção social básica no domicílio para pessoas com deficiência e idosos.

A maior parte dos serviços prestados ao assistencialismo social está concentrado no PAIF (Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família).

Existe uma cartilha de orientações para o desenvolvimento das atividades do CRAS, feito pelo governo.

O que é o CREAS?

O CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) desenvolve seu trabalho voltado para pessoas em situação de risco pessoal ou social, cujos direitos foram violados ou ameaçados.

Estas violações são o abuso sexual, a violência física ou psicológica, e o abandono ou afastamento do convívio familiar, evidenciando o rompimento ou fragilização desses vínculos.

Uma vez que estas situações são tão graves, o trabalho do CREAS demanda de muito tempo e dedicação.

Além da disponibilidade dos profissionais atuantes no CREAS, é importante que os usuários assistidos tenham responsabilidade.

Apesar do assistencialismo ser gratuito, é muito importante que os indivíduos se realmente participem das atividades e atendimentos. Esta é a única forma do tratamento ser realmente efetivo.

O CREAS procura executar, coordenar e fortalecer a articulação dos serviços socioassistenciais junto das políticas públicas e do sistema judiciário.

Os 2 serviços mais oferecidos pela unidade são:

  • Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Famílias e Indivíduos (PAEFI);
  • Serviço de proteção social a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de Liberdade Assistida (LA) e Prestação de Serviços à Comunidade (PSC).

A tipificação dos serviços socioassistenciais foram determinados, para serem atendidos preferencialmente através dos seguintes equipamentos:

  • Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP):
  • Serviço especializado em abordagem social;
  • Serviço especializado para pessoas em situação de rua;
  • Centro-Dia de Referência;
  • Serviço de proteção social especial para pessoas com deficiência, idosos e suas famílias.

Existe um caderno de orientações técnicas para guiar as ações desenvolvidas pelo CREAS.

A Política Nacional de Assistência Social (PNAS) desenvolve um trabalho extremamente importante.

Sendo o Parecer Social (opinião profissional do/a Assistente Social) um norteador para escolher qual a intervenção necessária em cada caso.

Cada etapa do atendimento ao assistencialismo social procura ajudar e prevenir situações de risco ao indivíduo, preservando sempre os laços familiares.

Apesar das diferenças entre o trabalho das unidades do CRAS e do CREAS, o foco em garantir o melhor atendimento ao cidadão é contínuo.

Como você gestor tem garantido um atendimento de qualidade em sua secretaria de assistência social?

Conte com o IDS Social para integrar ações e informações dos usuários do programa de assistencialismo social da sua cidade ou município!

CRAS e CREAS: qual o foco de atendimento destas unidades?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *