22/02/2017

O progresso da tecnologia permite que ocorram mudanças positivas e maior crescimento de desempenho para qualquer seguimento de trabalho. Para o setor público a tecnologia é um forte recurso de inovação, aumenta a qualidade de atendimento ao cidadão, permitindo melhorias dos serviços prestados, garantindo economia ao município e com isso ganho no desenvolvimento em sociedade.

Separamos 4 princípios básicos do uso do software, confira:

1. Município e Cidadania

O elemento mais importante na aquisição de um software de gestão é a evolução que ele proporciona aos serviços que o município oferece aos cidadãos; deve ser considerado um dos principais princípios da gestão dos municípios. O sistema proporciona ao cidadão o direito de solicitar serviços e acompanhar informações de seu interesse, assim como o município harmoniza os serviços de atendimento prestados a população.

2. Economia e Agilidade

Sistemas ágeis e eficientes auxiliam na automatização de processos, dão suporte a decisões e centralizam informações. Esses sistemas ajustados as necessidades do município proporcionam diversas funções que determinam o bom funcionamento do trabalho dos seus usuários, adequando tempo, economia e controle, chave principal para uma boa prestação de serviços à comunidade.

3. Acesso a informações

Para o gestor, o sistema que traduz dados em estatísticas, torna o processo de decisão muito mais coerente e preciso. Os dados cadastrados vão servir de apoio para analisar os atendimentos realizados e com isso os investimentos podem ser controlados através desses relatórios. Essa ação implementa melhorias para todas as esferas do governo.

4. Segurança Digital

Sistemas devem ser desenvolvidos dentro dos critérios de segurança para proteger os elementos mais importantes; as informações e os dados que nele são armazenados. O acesso ao sistema deve ser restrito para prevenção e confidencialidade da informação.
Backups automáticos diários, também são importantes recursos para exatidão da segurança.

Sistemas apropriados são desenvolvidos dentro das necessidades reais dos municípios. Devem realizar e agilizar serviços obrigatórios determinados pelo governo, tornando-se uma ferramenta essencial e determinante de uma boa gestão. A IDS desenvolveu três sistemas com privilégios para o atendimento a população e apropriados para aprimorar a administração pública. Os sistemas IDS Saúde, IDS Educação e IDS Social, são voltados as secretarias e consórcios municipais para dar suporte humanizado aos usuários de serviços públicos, ou seja, mais da metade da população brasileira.

O SOFTWARE PARA GESTÃO PÚBLICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *